Como usar o círculo cromático para escolher as cores na decoração

Você sabe o que é o círculo cromático?

Uma ferramenta que pode ajudar a entender as propriedades das cores e auxiliar – e muito – na hora de criar uma paleta equilibrada para qualquer projeto visual.

Muita gente acha que definir as cores de um ambiente é resultado de puro bom gosto. Porém, quem trabalha em uma profissão visual, como design, fotografia ou ilustração, sabe que a teoria das cores traz com ela muito mais do que estética, mas conhecimentos para aplicar as cores com base em todos os recursos que elas oferecem, como influência sobre os sentidos e significados culturais que carregam.

A teoria das cores é muito mais ampla do que o círculo cromático, mas conhecê-lo é essencial para começarmos a pensar colorido.

Um olá para o Círculo Cromático

O Círculo Cromático

Para entender o círculo cromático, é interessante conhecer o sistema de cores utilizado na mistura de tintas opacas e na decoração.

Um sistema de cores utiliza 3 cores como base para qualquer mistura. Estas cores são chamadas primárias e não são resultado da combinação com nenhuma outra cor.

No caso do sistema em questão, o pigmento opaco, as cores primárias são azul, vermelho e amarelo. E que já misturou tinta por aí sabe que juntar todas as cores resulta em preto.

A partir das cores primárias, são obtidas as cores secundárias, que são o resultado da soma de duas primárias:

Violeta = Vermelho + Azul
Laranja = Vermelho + Amarelo
Verde = Amarelo + Azul

Cores Primáris e Secundárias
Fonte: I love doodle

Cada cor primária possui uma cor complementar, que é a cor secundária resultante da soma das outras duas primárias. No círculo cromático, a cor complementar sempre estará situada no lado oposto do círculo.

Existem também as cores terciárias, que são resultado da soma da primária com a secundária, por exemplo: amarelo (primária) + laranja (secundária) = amarelo alaranjado (terciária).

Não por acaso, o círculo cromático é composto por 12 cores principais (3 primárias, 3 secundárias, 6 terciárias).

Circulo Cromático

Decoração com cores complementares

Existem diversas formas de formar uma paleta utilizando cores complementares. Usada com bom senso – e trabalhando bem saturação e brilho – este tipo de combinação pode resultar em um ambiente harmônico e neutro.

Cuidado para não combinar cores complementares muito vibrantes, pois podem se ofuscar.

Circulo Cromático - Cores complementares
Azul e laranja: cores complementares na decoração / Fonte: Pinterest

Propriedades da cor

Por mais que você escolha mais de duas cores para criar sua paleta, você pode regular as propriedades de cada uma delas para que sua combinação seja mais equilibrada. Fatores como saturação e brilho fazem toda a diferença.

Matiz (hue) – é a cor pura, sólida, vibrante. O que chamamos de “cor pura”, na verdade se chama matiz.

Saturação – É o quão viva é a cor. Quanto menor a saturação, mais próxima do cinza ela estará. Quanto maior a saturação, mais parecida com a matiz original.

Valor – O valor aproxima a cor do brilho (branco), ou da sombra (preto). Valores mais altos, cores mais próximas de branco. Valores mais baixos, cores mais escuras, próximas do preto. Um valor alto ou baixo não implica na saturação da cor.

Circulo Cromático - Hue, Saturation, Value

Resumindo: Hue (matiz) é a cor pura. A saturação diz se é mais ou menos viva e o valor diz o quanto de branco ou preto está sobre a cor.

Vaje abaixo a decoração de um ambiente com cores de valor/brilho alto, os já conhecidos tons pastéis.

Circulo Cromático - Tons pastéis
Fonte: Pinterest

Cores frias e cores quentes

O círculo cromático está dividido em cores frias e cores quentes. Matizes como laranja, amarelo, vermelho e magenta são considerados quentes. Violetas, azulados e esverdeados, frios.

Para ambientes cheios de dinamismo, onde pessoas se movimentam ou precisam de inspiração para criar e imaginar, cores quentes são bem vindas.
Para ambientes que precisam se manter calmos, cores frias são uma boa escolha.

Circulo Cromático - Cores frias e Cores quentes

Circulo Cromático - Cores quentes na decoração
Decoração de ambiente com cores quentes / Fonte: Pinterest

Circulo Cromático - Cores frias na decoração
Decoração com cores frias / Fonte: Pinterest

Existem também as cores neutras, que não estão nem no time do azul, nem no time do vermelho. São os cinzas.

Circulo Cromático - Cores Neutras na decoração
Decoração com cores neutras / Fonte: Pinterest

Conhecendo o círculo cromático você pode ir além e estabelecer paletas inspiradas nas regras de cores. As regras de cores são combinações que tomam como referência as posições das cores no círculo cromático.

Monocromática – cores que baseadas em uma mesma matiz, com variações tonais
Complementares – cores opostas no círculo cromático (você já sabe sobre elas)
Tríade – Cores posicionadas em 3 pontos equidistantes no círculo cromático
Análogas – Cores próximas umas das outras dentro do círculo cromático

Adobe Color - Círculo Cromático

O recurso Adobe Color é uma ótima fonte para entender regras de cores.

Decoração monocromática
Decoração monocromática / Fonte: Homey Oh My

Decoração em cores triádicas
Decoração em cores triádicas / Fonte: Pinterest

Agora você pode decorar a sua casa com mais propriedade e criar paletas incríveis de cores. Dá só uma olhada na seleção de produtos de Casa e Decor que os artistas da Colab55 criaram:

Doodle
@dudielariz
PUZZLE II
@lumartinslima
+++ ROSÉ
@dudielariz
Frida Flôr
@helloluizaillustrations
Mapa Vintage
@juzimmermann
Passarinha
@malenaflores
be kind
@vitormrtns
Spring Itself Deer Floral
@tobefonseca
GRL PWR
@pixelcartel

Letícia Motta

Letícia Motta, a autora deste post, é fundadora do site sobre design Cutedrop. Carioca e apaixonada pelo faz, possui experiência como designer e diretora de arte em grandes agências e também dá aulas sobre o mundo da comunicação visual.

Conheça o Studio @cutedrop