A arte feminista internacional de Camila Rosa

Camila Rosa é @camixvx, ilustradora do mundo. Suas artes incríveis, muitas com foco na temática feminista, são destaques em publicações brasileiras e estrangeiras. Morando atualmente em Nova York, a trajetória de Camila começa em Joinville onde nasceu e formou o coletivo Chá, quando começou a levar seu trabalho com ilustração a sério.

"Eu sempre gostei de desenhar, mas só coisas aleatórias. Com o coletivo, eu comecei a desenhar pra poder colar os lambe-lambes na rua e isso despertou o interesse em me dedicar mais e fazer isso de verdade. Foi a partir daí que tudo aconteceu na minha vida em relação à arte."

Com passagens por São Paulo e Curitiba, onde trabalhou como designer freelancer, foi em NY - cidade em que vive há um ano - que conseguiu mesmo dedicar todo seu tempo à ilustração e fazer disso sua profissão. Como resultado, sua arte tem ganhado reconhecimento e ela se diz muito mais satisfeita com o que tem produzido.

cami

Aos 28 anos, influenciada pelo meio independente e alternativo, do punk, do faça você mesmo, do hip hop e do graffiti, Camila segue experimentando e a gente vai babando nas suas ilustrações super poderosas.

Duas dicas para quem quer começar

A primeira é uma que funcionou muito comigo, praticar sempre, desenhar todos os dias é o ideal! A segunda é ter boas referências. Saber o que está sendo feito pelo mundo e onde você mora, se envolver e conhecer as pessoas que já fazem isso antes de você.

Duas cores para combinar

Rosa e Preto

rp

Duas músicas para inspirar

Muito impossível escolher só duas músicas!
Mas acho que essas duas são muito significativas pra mim:

Dois lugares para viajar

São Francisco do Sul em Santa Catarina
Barcelona na Espanha

Dois sites para passear

Bitch Media
Ello

Duas referências para registrar

Laura Callaghan
Emory Douglas

Dois livros para devorar

Mulheres, Raça e Classe - Angela Davis
A Garota da Banda - Kim Gordon

Dois filmes para emocionar

Selma
Trainspotting 2

Dois Studios da Colab55 para elogiar

@janeherkenhoff
@fesponchi

Duas artes da Colab55 para admirar
Kathleen Hanna
Margot Tenenbaum
Duas palavras para nortear

Resistência
Respeito

Studio na Colab55